Alfândega e importação e exportação da Suíça: O mais importante em resumo

Alfândega e importação e exportação da Suíça: O mais importante em resumo
Portos do Reno na Suíça

O comércio exterior constitui um importante suporte da economia suíça. Com um excedente de exportação de 26,6 bilhões de francos suíços (2013), o país consegue grande parte de sua prosperidade através da exportação de mercadorias e serviços. Uma das redes de livre comércio mais densas do mundo, dentre as quais  com a UE e a China, proporciona um comércio internacional descomplicado e eficiente. Os acordos facilitam os negócios de importação e exportação com os dez parceiros comerciais mais importantes da Suíça, entre eles a Alemanha, os EUA, a Itália, França, China e Grã-Bretanha. Em primeiro lugar, está a Alemanha com exportações para a Suíça de 52,4 bilhões de francos suíços e importações da Suíça com um volume de 39,3 bilhões de francos suíços em 2013. Os EUA importaram no mesmo período mercadorias no valor de 24,8 bilhões de francos suíços e exportaram mercadorias no valor de 11,4 bilhões de francos suíços. Além disso, a Áustria, Holanda, Espanha e Hong Kong contam entre os dez maiores parceiros comerciais. Marcos legais simples e transparentes e um procedimento aduaneiro moderno constituem um fundamento sólido para as relações comerciais internacionais. E possibilitam às empresas com atuação internacional a otimização da sua cadeia de fornecimento e obtenção de vantagens competitivas essenciais em relação à concorrência. O regime de aperfeiçoamento e o direito aduaneiro específico fazem parte das disposições legais que facilitam o comércio internacional. Mercadorias,  importadas na Suíça provisoriamente para o regime de aperfeiçoamento, estão sob determinadas circunstâncias isentas de taxas alfandegárias. O mesmo vale para mercadorias que são exportadas provisoriamente para outros países. O regime de aperfeiçoamento oferece uma vantagem, sobretudo, à indústria de artigos de luxo, devido à frequente importação na Suíça de mercadorias de alto valor e pouco peso. Além disso, os Acordos de Reconhecimento Mútuos entre a Suíça, a UE e o Canadá simplificam o comércio internacional, reduzindo barreiras comerciais técnicas através da ampla harmonização do regulamento para mercadorias. Mais uma vantagem para a Suíça no comércio internacional, quando comparada a outros países, consiste no imposto de 8% sobre o valor agregado muito baixo, 

 
 
 
 

Global,

O comércio exterior constitui um importante suporte da economia suíça. Com um excedente de exportação de 26,6 bilhões de francos suíços (2013), o país consegue grande parte de sua prosperidade através da exportação de mercadorias e serviços. Uma das redes de livre comércio mais densas do mundo, dentre as quais  com a UE e a China, proporciona um comércio internacional descomplicado e eficiente. Os acordos facilitam os negócios de importação e exportação com os dez parceiros comerciais mais importantes da Suíça, entre eles a Alemanha, os EUA, a Itália, França, China e Grã-Bretanha. Em primeiro lugar, está a Alemanha com exportações para a Suíça de 52,4 bilhões de francos suíços e importações da Suíça com um volume de 39,3 bilhões de francos suíços em 2013. Os EUA importaram no mesmo período mercadorias no valor de 24,8 bilhões de francos suíços e exportaram mercadorias no valor de 11,4 bilhões de francos suíços. Além disso, a Áustria, Holanda, Espanha e Hong Kong contam entre os dez maiores parceiros comerciais. Marcos legais simples e transparentes e um procedimento aduaneiro moderno constituem um fundamento sólido para as relações comerciais internacionais. E possibilitam às empresas com atuação internacional a otimização da sua cadeia de fornecimento e obtenção de vantagens competitivas essenciais em relação à concorrência. O regime de aperfeiçoamento e o direito aduaneiro específico fazem parte das disposições legais que facilitam o comércio internacional. Mercadorias,  importadas na Suíça provisoriamente para o regime de aperfeiçoamento, estão sob determinadas circunstâncias isentas de taxas alfandegárias. O mesmo vale para mercadorias que são exportadas provisoriamente para outros países. O regime de aperfeiçoamento oferece uma vantagem, sobretudo, à indústria de artigos de luxo, devido à frequente importação na Suíça de mercadorias de alto valor e pouco peso. Além disso, os Acordos de Reconhecimento Mútuos entre a Suíça, a UE e o Canadá simplificam o comércio internacional, reduzindo barreiras comerciais técnicas através da ampla harmonização do regulamento para mercadorias. Mais uma vantagem para a Suíça no comércio internacional, quando comparada a outros países, consiste no imposto de 8% sobre o valor agregado muito baixo, 

 
 
 
 

Descarregar 
Page Meta 
Fact Sheet
  • Swiss Business Hub Brazil
    Business Development Manager
    Avenida Paulista, 1754, São Paulo
    +55 11 3372-8208
  • Head of Swiss Business Hub Brazil
    c/o Consulado Geral da Suíça, Av. Paulista 1754, 4° andar, São Paulo SP
    +55 11 3372 8202 / +41 58 480 04 55
fevereiro 01, 2017
São Paulo, Brasil