Life Sciences

,

A Suíça abriga um cluster de Life Science único no mundo.
Além de empresas químicas e farmacêuticas como a Novartis, a Roche e a Syngenta, este cluster abrange uma densa rede de firmas de tecnologia médica, biotecnologia e nanotecnologia.
A indústria de Life Science é quase completamente orientada para mercados internacionais, com 98% das vendas geradas no exterior.
Os produtos químico-farmacêuticos constituem 40% dos bens de exportações da Suíça, o que os torna nos mais importantes do país.
A Suíça possui muitos cientistas extremamente qualificados, graças à presença de universidades e institutos técnicos de excelência mundial e de empresas farmacêuticas investigativas e com capital para investimento.
De acordo com o Global Innovation Index de 2014, a Suíça é o pais mais inovador do mundo.
O país é líder absoluto, especialmente no que diz respeito a “Innovation-Output”, que considera, entre outros critérios, novos requerimentos de patentes e o número de start ups e empresas de alta tecnologia.
A força inovadora da Suíça também está diretamente  relacionada ao elevado nível de investimentos em pesquisa e desenvolvimento.
O país investe quase 3% do PIB, ou cerca de 16 bilhões de francos, em P&D.
Dois terços vêm do setor privado.
A indústria suíça de Life Science apresenta a mais alta taxa de produtividade quando comparada a outros locais de destaque do setor ao redor do mundo,
gerando, recentemente, 286 mil dólares por trabalhador.
Slider Content 

Indústria farmacêutica

Como local altamente especializado em produtos farmacológicos, a Suíça tem excelente reputação internacional. 

Indústria farmacêutica

Tecnologia médica

Na área de tecnologia médica, a Suíça assume claramente um papel de liderança quando comparada internacionalmente. 

Tecnologia médica

Biotecnologia

A Suíça é um dos países mais fortes da Europa na área de biotecnologia.

Biotecnologia