Tenho interesse em
Atualidades

Suíça mais uma vez a economia mais competitiva do mundo

O Fórum Econômico Mundial (FEM) publicou seu Relatório de competitividade global para 2017-2018 nesta semana. Pelo nono ano consecutivo, a Suíça é considerada o país mais competitivo do mundo, seguido pelos Estados Unidos e Cingapura. Os pontos fortes do país são seu poder inovador, a solidez no sistema educacional e um mercado de trabalho flexível.

Two yoDois jovens pesquisadores no Innovation Park em Basileiaung researchers at Innovation Park Basel
A Suíça ganhou excelentes notas em absorção de novas tecnologias (imagem: Switzerland Innovation Park Basileia).

A mais recente edição do Relatório de competitividade global, publicado anualmente pelo FEM, classifica 137 países de acordo com sua capacidade de crescer de maneira sustentável. As categorias incluem inovação, infraestrutura e também o ambiente macroeconômico.

Alta capacidade de absorção de novas tecnologias

Com ótimas notas em praticamente todas as categorias, a Suíça continua liderando indiscutivelmente o ranking. Os excelentes resultados estão equilibrados em todas as categorias de competitividade. A economia suíça é sólida, seu mercado de trabalho é forte e flexível, e o ambiente de negócio é altamente sofisticado e inovador.

A Suíça também recebeu excelentes notas na absorção de novas tecnologias e ganhou a segunda colocação na prontidão tecnológica dos seus cidadãos e empresas (confira também Suíça no topo do Índice de Prontidão para Mudanças).

Além disso, os cidadãos suíços se beneficiam de um sistema de saúde público de qualidade e de uma excelente educação. O país até mesmo melhorou nas categorias de saúde e de educação primária, subindo da oitava para a segunda colocação.

Talentos ganham importância

Segundo Klaus Schwab, fundador e presidente executivo do FEM, a competitividade será cada vez mais definida pela capacidade inovadora de um país. “Os talentos ganharão mais importância do que o capital e, por isso, o mundo está mudando da era do capitalismo para a era do talentismo. Os países que se preparam para a quarta revolução industrial, fortalecendo ao mesmo tempo seus sistemas políticos, econômicos e sociais, serão os grandes vencedores na corrida competitiva do futuro”, afirmou.

A Suíça parece estar bem preparada, pois também é considerada o melhor país quando se trata de competir por talentos no mercado global. Isso concluiu o Índice Global de Talentos Competitivos (Global Talent Competitive Index, GTCI) publicado pela INSEAD no começo do ano (confira também A Suíça em primeiro lugar na competitividade global por talentos).

 

Você está pensando em investir na Suíça? Para obter mais informações, baixe o nosso Manual para investidores.

Global Competitiveness Report 2017-2018: The Top 10 Most Competitive Global Economies

Links

Compartilhar

Conteúdo relacionado