Atualidades

Em Genebra, a Google se junta à Medicxi e investe em biotecnologia

A Verily, uma subsidiária de Alphabet (a matriz da Google), dedicada às ciências da vida, e Novartis se juntam à Medicxi. As três empresas estão iniciando uma parceria para facilitar o financiamento da última fase de desenvolvimentos biotecnológicos. É a primeira vez na Europa que um fundo de investimento desse tipo é gerenciado pelo capital de risco.

Homem testando e analisando dados
Os três investirão em empresas que já alcançaram a segunda fase de seus testes clínicos.

A Verily, uma subsidiária da Alphabet que opera no setor de ciências da vida, já estava procurando há algum tempo por um parceiro para desenvolver suas atividades na Europa. A espera acabou, pois encontrou um parceiro na Medicxi, uma empresa de capital de risco, sediada em Genebra, dedicada à biotecnologia da Index Ventures. O resultado dessa parceria é o lançamento do Medicxi Growth 1 (MG1), um novo fundo de investimento com US$ 300 milhões.

Três gigantes farmacêuticos contribuem investindo nesse fundo: Verily, Novartis e o Fundo Europeu de Investimento (FEI). Esse novo fundo de investimento preencherá a lacuna de financiamento para as ciências da vida na Europa e apoiará empresas especializadas no desenvolvimento de medicamentos em fase final que não possuem fundos para desenvolver ou criar novas oportunidades. Francesco De Rubertis, CEO e cofundador de Medicxi, explicou em um comunicado à imprensa: "[o] fundo se concentrará na última fase de desenvolvimentos biotecnológicos e será o primeiro na Europa gerenciado pelo capital de risco". O objetivo é investir em empresas que já alcançaram a segunda fase de seus testes clínicos.

Novos impulsos na biotecnologia na Suíça

Em 2016, as empresas de biotecnologia suíças ocupavam a segunda posição em termos de captação de recursos, segundo um relatório publicado pela consultoria Ernst & Young. 2016 foi um ano muito bom para o país em relação à biotecnologia. A ADC Therapeutics arrecadou mais do que qualquer outra empresa de capital de risco na Europa. O ingresso da AC Immune na Nasdaq em setembro de 2016 foi a introdução mais importante da Europa naquele ano.

Links

Compartilhar

Conteúdo relacionado