Atualidades

Registro de patentes: Suíça permanece claramente em Nr. 1

7.088 patentes foram registradas em 2015 na Suíça no Instituto Europeu de Patentes. Em comparação com o ano passado, isto significa um aumento de 2,6 percento e um novo elevado patamar.

A Suíça é um polo para pesquisa e desenvolvimento. Com um total de 7.088 registros de patentes no ano de 2015, ela ocupa a sexta posição em comparação mundial atrás dos EUA, Alemanha, Japão, França e Holanda. Convertido por número de habitantes, a Suíça permanece incontestavelmente no topo do mundo. Por milhão de habitantes, foram registradas no ano passado 873 patentes no Instituto Europeu de Patentes (EPA). Em contrapartida vêm a Alemanha com 307, o Japão com 169 e os EUA com 133 registros de patente por milhão de habitantes. No total, o EPA teve o ano passado um aumento de 1,6 percento e atinge, dessa forma, um novo valor pico de quase 279.000 registros de patente.

Pela primeira vez o EPA também publicou números regionais. Os Cantões de Zurique (18,4%), Waadt (14,2%) e Cidade da Basileia (13,4%)) registraram, por conseguinte, o maior registro de patentes da Suíça. Esta distribuição regional está diretamente relacionada com o aumento das patentes. Assim, mantêm-se nos primeiros lugares o ETH de Zurique com 79 registros e o EPF de Lausana com 55 registros. Nos Cantões de Zurique e de Waadt, dominam os grandes consórcios ABB (533) e Nestlé (410). As gigantes farmacêuticas Roche, Novartis e Syngenta ajudam o Cantão da Cidade da Basileia na sua posição topo. Com um total de 644 registros de patentes, a Roche ultrapassou a ABB, nos anos anteriores sempre em primeiro e agora no segundo lugar, com 563 em 2015.

Compartilhar

Related Content