Tenho interesse em
Atualidades

A Suíça ainda é a nação mais competitiva do mundo

Ontem, o Foro Mundial Económico revelou a edição 2015-2016 do seu Índice Mundial de Competitividade. Desde 2010, a Suíça não abandonou o seu 1o lugar.

O Índice Global de Competitividade do WEF fornece uma panorâmica do desempenho de competitividade de 140 economias, sendo assim considerado a avaliação mais abrangente do seu tipo globalmente. O relatório mede o conjunto de instituições, políticas, e fatores que definem os níveis de sustentabilidade atuais e de médio prazo da prosperidade económica. Dentro desse contexto, a Suíça permanece o candidato número 1 pelo 7o ano consecutivo, à frente de Singapura e dos Estados Unidos.

Como pode um país permanecer “imbatível” por tanto tempo? Para a Suíça, a receita secreta consiste de uma mistura de vários ingredientes incluindo, entre outros, o nível mais alto no mundo de inovação, um ambiente de negócios muito sofisticado, uma prontidão tecnológica forte, um mercado de trabalho eficiente, uma educação superior de primeira classe e o sistema de treinamento, assim como infraestrutura excelente. Adicionalmente, as instituições públicas são eficientes e transparentes, e o seu ambiente macroeconómico é mais estável do que a maioria.

Entretanto, de acordo com o WEF; “o custo da execução de negócios na Suíça é alto, e a sua moeda forte, as taxas de interesse reais negativas e a incerteza sobre a política de imigração futura são todas precauções contra complacência”. O país alpino está abordando atualmente esses aspectos de maneira a manter a sua liderança em competitividade nos próximos anos.

Para maiores informações sobre a Suíça como uma localidade de negócios, verifique, por favor, o nosso Manual para Investidores.

Compartilhar

Conteúdo relacionado