Atualidades

A Suíça está em primeiro lugar em competitividade global de talentos

A Suíça é um polo de atração de talentos. Segundo a 4ª edição do relatório GTCI publicado em 16 de janeiro pela INSEAD, a Suíça continua a ser o principal país quando se trata de competir por talentos no mercado global. Além disso, Zurique ocupa o segundo lugar, entre 46 cidades avaliadas.
Estudantes universitários prestam atenção a uma palestra.
O forte sistema educacional da Suíça é uma vantagem competitiva

A Suíça lidera a lista que avalia em que medida os países são capazes de atrair, selecionar, desenvolver e reter funcionários talentosos. Ela é seguida por Cingapura, Reino Unido, Estados Unidos e Suécia.

Essas são as conclusões da edição de 2017 do Global Talent Competitive Index (GTCI), divulgado esta semana pela INSEAD, a principal escola de administração do mundo. Em parceria com o The Adecco Group e o Human Capital Leadership Institute of Singapore (HCLI), o GTCI avaliou 118 países em sua capacidade de competir por talentos em um mercado internacional.

Sistema educacional forte como fator essencial

Um dos principais motivos que leva a Suíça ao topo do ranking é o seu forte sistema educacional, que atende às necessidades da economia. Como país de alta renda, a Suíça conta com a inovação, o empreendedorismo e parcerias colaborativas para crescer. Isso resulta em um conjunto de funcionários altamente qualificados com competências de liderança global e equipes especializadas com histórico vocacional. Na Suíça, é fácil para as empresas encontrar funcionários qualificados, poliglotas, motivados e leais. As universidades suíças regularmente ocupam as principais posições em rankings internacionais de universidades. O sistema educacional suíço também combina formação vocacional de alta qualidade com o ensino universitário. Esse sistema duplo alimenta a capacidade do país de ter inovação e criatividade, fatores cruciais para manter e atrair mão de obra qualificada. A retenção de talentos também é facilitada pela elevada qualidade de vida na Suíça.

A Suíça está pronta para a tecnologia

Segundo o ranking, a Suíça está particularmente bem posicionada com base na avaliação da prontidão de talentos para a tecnologia. As políticas de emprego suíças favorecem a flexibilidade, a inovaçãoe a mobilidade para o empreendimento; as partes interessadas são bem conectadas em negócios e no governo. Conforme apresentado no relatório, essas condições são essenciais para enfrentar os desafios que surgem com a digitalização e a automação. A mudança transformacional bem-sucedida tem maior probabilidade de ocorrer em ecossistemas fortes capazes de se adaptar melhor às rápidas mudanças particularmente associadas à Indústria 4.0.

Zurique é considerada a segunda melhor cidade em todo o mundo

Ecossistemas fortes com circunstâncias favoráveis para a competitividade de talentos são particularmente evidentes nas cidades. Portanto, esta edição do relatório GTCI tem foco não somente nos países, mas também destaca cidades que têm o melhor desempenho. Entre 46 cidades, Zurique aparece em segundo lugar desse ranking, pouco atrás de Copenhague e seguida por Helsinque e San Francisco.

Leia tudo sobre as principais vantagens da Suíça como local para negócios na última edição do nosso Manual para investidores.

Encontre mais artigos sobre rankings internacionais no nosso arquivo de notícias.

Links

Compartilhar

Conteúdo relacionado