Atualidades

Banco privado suíço Falcon dá passo histórico oferecendo serviços de bitcoin

O banco privado suíço Falcon é o primeiro banco suíço, e provavelmente o primeiro banco privado do mundo, a oferecer criptoativos diretamente aos seus clientes. O banco também instalou um terminal de autoatendimento para bitcoins no saguão de sua sede em Zurique. O Falcon obteve a autorização pela autoridade supervisora do mercado financeiro da Suíça, a FINMA.

clientes usam smartphones diante de um notebook
Novidade exclusiva: Banco privado suíço firma parceria com empresa pioneira de bitcoin e oferece criptoativos aos seus clientes

O Falcon Private Bank é o primeiro banco privado suíço que oferece soluções de gestão de ativos blockchain aos seus clientes por meio de uma nova parceria com a Bitcoin Suisse AG, uma empresa de bitcoin pioneira, fundada em 2013. Os clientes podem trocar e manter bitcoins pelo Falcon usando seu saldo em dinheiro. Além disso, instalaram um terminal de autoatendimento caixa eletrônico para bitcoins no saguão da sede do Falcon Private Bank em Zurique, podendo ser usado pelo público durante o horário comercial. Depois de um inquérito minucioso, a FINMA aprovou o lançamento desse novo produto exclusivo.

A Bitcoin Suisse AG é a corretora regulamentada de criptoativos e provedora de infraestruturas. Ela oferece suporte para esse produto prático e facilita o acesso ao mercado de bitcoins para seus clientes. A Bitcoin Suisse fornece a tecnologia e os serviços necessários para comprar, guardar, rastrear e negociar bitcoins e outros criptoativos para investidores institucionais e pessoas físicas com grande patrimônio líquido.

Um marco histórico para criptoativos

Essa parceria entre uma instituição financeira tradicional e um provedor financeiro de criptoativos, e o produto resultante que está agora disponível no mercado, marcam um salto enorme para o bitcoin se tornar uma classe própria de ativos, e para os criptoativos em geral. É um passo importante para os criptoativos se tornarem uma classe própria de ativos comumente aceita para armazenar riquezas e realizar pagamentos, fechando a lacuna entre o espaço tradicional financeiro e o espaço novo de criptoativos financeiros.

“Foi um grande prazer poder ajudar o Falcon a introduzir este novo produto, o que não é nada menos que um marco histórico para todo o espaço de criptoativos”, afirmou Niklas Nikolajsen, CEO da Bitcoin Suisse AG.

Pioneiro no setor bancário privado da Suíça

Arthur Vayloyan, Chefe Global de Produtos e Serviços, Falcon Private Bank Ltd.: “Depois da nossa parceria estratégica com a Move Digital, uma provedora de gestão de ativos digitais e sistemas de consultoria de investimentos líder do mercado, isso representa outro elemento tangível da nossa nova estratégia. Temos orgulho de sermos os primeiros a atuar no setor bancário privado da Suíça oferecendo a gestão de ativos de blockchain aos nossos clientes. O Falcon tem a convicção de que agora é o momento certo para ingressar nesse mercado que cresce a cada dia, e acreditamos que esse novo produto atenderá as necessidades futuras dos nossos clientes”.

O Falcon Private Bank é um banco privado suíço com 50 anos de experiência na gestão de patrimônio e tem sua sede em Zurique, além de subsidiárias em Abu Dhabi, Dubai, Londres e Luxemburgo.

Fonte: comunicado à imprensa por startupticker.ch

Leia também: Banco privado suíço aceita bitcoin

Links

Compartilhar

Conteúdo relacionado