Atualidades

Universidades suíças estão entre as mais inovadoras da Europa

Mais uma vez, duas universidades suíças obtiveram as melhores notas e foram classificadas entre os dez primeiros lugares no índice “Europe’s Most Innovative Universities” da Reuters.
Auditório universitário com professor
A EPF de Lausanne e a Universidade de Zurique estão entre as líderes. (ícone)

Com mais de 10.000 alunos, quase a metade dos quais oriundos da Suíça, a EPF de Lausanne conquistou a excelente quarta posição. Logo atrás estão a Universidade de Cambridge, o Imperial College London e a Universidade Católica de Leuven, da Bélgica. Entre as dez universidades do topo da lista, esta última tem, além disso, o maior número de alunos: mais de 50.000. O ranking da Reuters destaca mais uma vez a qualidade da EPFL, após essa instituição ter obtido altas colocações em diversos rankings nos últimos meses. Em abril, por exemplo, a EPFL, universidade fundada há menos de 50 anos e localizada nas proximidades do Lago Léman, obteve pela segunda vez consecutiva o título de <i21/>melhor universidade do mundo.

Para a Universidade de Zurique, as boas colocações obtidas este ano também não são novidade: há apenas poucas semanas ela obteve o significativo 85º lugar no ranking internacional de instituições de ensino superior. No ranking da Reuters, esta que é a maior universidade da Suíça foi classificada em 10º lugar, à frente de instituições de ensino superior renomadas como a Universidade Livre de Berlim e a Universidade de Copenhague.

O ranking da Reuters é elaborado com base em dez diferentes componentes, um dos quais é o número de registros e concessões de patentes. Justamente na área de registros de patentes a Suíça ocupa lugar de liderança internacional. Com um total de 7.088 patentes registradas em 2015, o país ocupa a sexta posição no ranking global. Proporcionalmente ao número de habitantes, a Suíça mantém seu incontestável título de líder mundial. Para cada milhão de habitantes, foram registradas no ano passado 873 patentes no Instituto Europeu de Patentes (EPA), sendo a EPF de Lausanne responsável por mais de 50 patentes registradas.

Leia mais
Compartilhar

Conteúdo relacionado