Atualidades

Zurique e Genebra entre os 20 mais importantes centros financeiros do mundo

No 22º índice dos centros financeiros globais (Global Financial Centers Index GFCI22), publicado no início de setembro de 2017, Zurique subiu duas posições e está novamente entre os dez mais importantes centros financeiros do mundo. Genebra elevou-se em cinco posições e ficou em 15º lugar no índice. Os primeiros três lugares são ocupados por Londres (1º), Nova Iorque (2º) e Hong Kong (3º).

Entrada da bolsa de valores SIX
Representando 9,4% do PIB, o setor financeiro é um dos elementos mais importantes da economia suíça.

O GFCI foi publicado pela primeira vez em março de 2007. Desde então, a Z/Yen atualiza o índice, em colaboração com o China Development Institute (CDI), sempre em março e setembro. O GFCI mostra a avaliação de competitividade e os rankings dos principais centros financeiros do mundo todo. Mais de 100 aspectos são avaliados e categorizados nos cinco temas principais: ambiente de negócio, capital humano, infraestrutura, desenvolvimento do setor financeiro e reputação. O GFCI é muito conceituado pela comunidade financeira internacional, pois é considerado uma referência valiosa para decisões políticas e de investimento.

Capital humano - o ativo mais importante

No GFCI22, Zurique recebeu a pontuação geral de 704, conseguindo assim a 9ª posição. A cidade se destacou principalmente na área de capital humano (7º lugar). No desenvolvimento de negócio, é considerada o nono melhor centro mundial. No quesito de infraestrutura e reputação, Zurique ocupa a 11ª posição e no desenvolvimento do setor financeiro está em 12º lugar. Na Europa, Zurique é o segundo centro financeiro mais importante, ficando apenas atrás de Londres, que continua no topo do ranking dos centros financeiros globais desde 2013.

O segundo centro financeiro suíço no índice saltou para a 15ª colocação (20ª no GFCI21). Genebra ganhou uma pontuação geral de 694, apenas 10 pontos a menos que Zurique. E também se destaca na área do capital humano (14º lugar). Em nível europeu, Genebra se mostra altamente igualmente competitiva, ficando na 5ª posição atrás de Londres, Zurique, Frankfurt e Luxemburgo.

A Suíça como um polo financeiro

O setor financeiro é um dos elementos mais importantes da economia suíça. Ele é responsável por 9,4% do PIB. Seja na área de gestão de ativos, seguros ou como plataforma de negociação de commodities, a Suíça faz parte dos centros financeiros mais importantes do mundo.

Baixe o nosso informativo

Graças a sua estabilidade política e macroeconômica, a Suíça oferece uma base sólida e confiável em um setor de negócios que pode, às vezes, ficar extremamente volátil. Por isso que a Suíça é um mercado financeiro atraente, em nível nacional e internacional.

Baixe o nosso Manual para investidores

Links

Compartilhar

Conteúdo relacionado