Histórias de Sucesso

“Suíça rapidamente coloca na mesa as principais áreas industriais”.

Uma das pioneiras em biotecnologia, a Biogen está construindo sua instalação de fabricação biotecnológica de próxima geração em Luerbach, Suíça. Essa instalação será o maior local de produção da empresa; completamente automatizada e aproximadamente quatro vezes mais produtiva do que as instalações existentes.

área interna de um laboratório
A Biogen está construindo sua instalação de fabricação biotecnológica de próxima geração em Luterbach, próximo a Solothurn. O projeto criará até 600 novos postos de trabalho. O início da produção está programado para 2019. (imagem: www.biogen-solothurn.ch)

A Biogen foi fundada em Genebra em 1978 por um grupo de pesquisadores internacionais líderes na área de biotecnologia. Entre eles estava o pesquisador suíço Charles Weissmann. Dois membros fundadores, Walter Gilbert (química) e Phillip Sharp (medicina), posteriormente receberam o Prêmio Nobel. A empresa mudou sua sede para Cambridge, Massachusetts, EUA, em 1982. Em 2004, retornou à Suíça. A sede internacional mudou de Paris para Zug, onde se desenvolveu e chegou a 400 funcionários. Dez anos após esse retorno, a primeira consulta de locais para a nova instalação de fabricação da Biogen foi feita por meio da organização de promoção de locais S-GE. Em seguida, a S-GE lançou e coordenou um processo de candidatura para os cantões interessados da Suíça.

A entrevista a seguir com Markus A. Ziegler, Diretor de Assuntos Corporativos da Biogen, foi realizada por Liv Minder, Diretora de Promoção de Investimento da Switzerland Global Enterprise (S-GE).

Em dezembro de 2014, nós recebemos uma solicitação da Biogen para encontrar um local adequado para uma instalação de fabricação na Suíça. O objetivo era iniciar a produção em 2019. Foram necessários quatro anos para a seleção e aquisição de terreno, procedimentos de planejamento, incluindo todas as permissões, a construção e o comissionamento da unidade. Esses foram, e ainda são, requisitos bastante desafiadores. Em que fase a Biogen está no projeto agora? Foi possível cumprir esses requisitos ambiciosos?

Apesar dos diversos desafios que surgem naturalmente em um projeto dessa dimensão, nós continuamos no caminho certo em todos os níveis.

Por que escolher o momento certo é tão importante?

Escolher o momento certo é essencial para a Biogen, tanto do ponto de vista empresarial quanto do ponto de vista médico. A Biogen deseja produzir produtos biofarmacêuticos suficientes para atender a um milhão de pessoas o mais breve possível. Os medicamentos ajudam a retardar doenças, prolongam a vida e, nos melhores casos, fornecem a cura.

Quais são os fatores cruciais para a escolha da Suíça como um local?

A decisão foi tomada com base em um processo de seleção que considerou vários locais em todo o mundo. Em primeiro lugar, os números deveriam ser corretos e seria necessário encontrar um país industrializado viável. Seria imprescindível ter à disposição uma infraestrutura, como eletricidade e água, bem como uma oferta de mão de obra local. No entanto, nesse ponto o tempo também era essencial. A Suíça rapidamente conseguiu colocar na mesa principais áreas industriais. O país também foi perceptivelmente capaz de demonstrar como o processo de aprovação e o planejamento poderiam ser finalizados em tempo, incluindo a construção. A Suíça ocupou o topo da lista em relação aos outros candidatos globais.

Em que fase está o trabalho de construção? A operação será iniciada de acordo com o planejamento?

Para possibilitar que a produção comece conforme o planejamento em 2019, há atualmente mais de 1.500 pessoas em cada local realizando trabalhos de construção, instalando equipamentos e preparando tudo para a operação. As primeiras partes da unidade já iniciaram as operações e estão passando por testes intensivos no momento.

Espera-se que a construção da instalação proporcione um impulso econômico positivo, especialmente na região de Solothurn. Há sinais disso?

Um estudo realizado pelo instituto de pesquisa econômica BAK Economics mostra que o projeto gerou um valor agregado bruto de cerca de 800 milhões de francos suíços na Suíça. Isso envolve cerca de 2.000 postos de trabalho. A indústria local também se beneficia do projeto: foram reservadas, por exemplo, cerca de 1.700 dias de acomodação. Para a fase operacional que tem início em 2019, os economistas do BAK preveem que o produto interno bruto do cantão tenha um potencial de crescimento de 1,5% a 2%.

O projeto criará cerca de 600 novos postos de trabalho. Como o recrutamento está sendo realizado em tempos de escassez de qualificação?

Independente do local, é um desafio recrutar 600 pessoas qualificadas. A Biogen é considerada uma empresa atrativa e isso é confirmado novamente pelos institutos externos. A perspectiva de fazer parte da neurociência com um canal de produtos promissores e a oportunidade de desenvolver uma instalação de produção praticamente do zero torna a Biogen uma empresa altamente atrativa para possíveis candidatos. O recrutamento está ocorrendo conforme o planejamento e mais de 130 pessoas já estão trabalhando para a Biogen em Luterbach. Cerca de 15 a 20 novos funcionários estão juntando-se a elas todos os meses e, atualmente, há mais de 40 vagas disponíveis em nosso site.

Sobre a Biogen
Por meio de ciência e medicina de última geração, a Biogen descobre, desenvolve e produz terapias inovadoras para pessoas que vivem com doenças neurológicas, autoimunes e raras. A Biogen é uma das maiores empresas independentes de biotecnologia do mundo e os pacientes se beneficiam de suas diversas terapias de esclerose múltipla e de terapias inovadoras contra a hemofilia. Hoje, a Biogen emprega 7.500 pessoas em 30 países. www.biogen.com

(A entrevista foi publicada primeiramente no Swiss Biotech Report 2018)

Baixe nosso informativo: Biotecnologia na Suíça

Links

Compartilhar
How should we contact you?